tumblr_ocwof0s6qv1t2ostso1_500

Em dias como este, que o vento ecoa pelos menores becos, minha mente se põe a pensar. Eu sinceramente não entendo que tipo de pensamento é esse. Ele passa velozmente por mim, as vezes nem o sinto, mas quando menos espero ele ecoa. Ecoa. Ecoa. Não existe razão. Nada. As pessoas nem sabem ao menos que eu existo. Elas nem sabem a razão dos meus pensamentos. Eles são em vão. Sempre vão ser em vão enquanto forem apenas pensamentos. Se um dia a coragem que parece estar tão viva dentro dos outros resolver repousar em minha alma, um dia, eu posso falar o que penso, ou o que penso que penso. Seriam relevantes tais ideais? Tais. O vento sim é relevante, ele envolve, resfria, aquece, me arrepia. Ele sopra e ecoa, assovia e cria. Cria sombras que se movem, move as nuvens, move as ondas. Ele sim é significante. Ele me faz pensar, que mesmo sem ver meu pensamento, ele é real. Se eu quiser ele sopra e ecoa, assovia e cria. Cria sombras que se movem, move as nuvens, move as ondas. Ele pode ser significante.

07/06/2011

Anúncios