Hoje tudo se con-fundiu.
Se misturou, se integrou na falta de conscientização do que é real e do que é fantasia. Ainda persisto no que para muitos é hilário, mas é compulsivo para mim, me sinto induzida e compelida a escolher pelo não óbvio, chega a ser bizarro. A obsessão inalterada pelos fatos que remetem a sua vida.
Observação.

03/02/2013

Anúncios