Inconscientemente lutamos diariamente pela nossa existência. Pensa nisso, quando tudo era uma luta muito maior, você venceu. Você nadou uma distância muito maior do que 100 metros rasos, disputou com outros milhares de carinhas com muita determinação. Quando a oportunidade surgiu, você foi em disparaaaaaada, correu com toda vontade e foi ao encontro do tão esperado óvulo! Mas conforme desenvolvemos consciência parece que os obstáculos são maiores do que os resultados. MENTIRA! Tudo começa com um embrião. Embrionize seus ideais, embrionize os ideais alheios, do que adianta ter tantas idéias, se elas são somente idéias. Ninguém come e veste idéias. Alguém precisa concretizá-las. Fight for it! E se você morrer amanhã? Qual marca você deixou?
Talvez o seu sucesso não chegue aos parâmetros mundiais. Mas e as pessoas que passaram pela sua vida? Será que você passou pela vida delas ou foi insignificante?
Foi instintivamente esquecido e substituído. Não ser os outros milhares de carinhas deve ser difícil, mas quando você ainda era um espermatozoide, que não pensava, você conseguiu. Talvez o problema seja pensar demais e arriscar de menos.

Estamos tão acomodados em aceitar. Tão impulsionados a viver na zona de conforto. Tão condicionados a viver seguramente.

15/10/2010

Anúncios