Era um dia nublado, eu estava na praia da divisa Santos/São Vicente com um amigo, Maicon. Estávamos sentados conversando e mexendo na areia, e eu estava usando um anel prateado no dedo anelar da mão direita. Então ele achou uma aliança na areia, tinha um nome gravado, mas ele pegou pra ele, riscou a gravação (não sei como) e gravou o nome dele, para dar pra mulher dele. Então eu também achei uma aliança, era de Prata e por dentro tinha dois nomes gravados com ouro, além da inscrição “25 anos”.  Percebi que se tratava de uma aliança de Bodas de Prata, logo, deveria ser muito importante. Publiquei no grupo do Facebook Free Shop, e disse que só devolveria a aliança mediante a apresentação do RG e da certidão de casamento. Uma mulher bem gorda apareceu na praia, dizendo que a aliança era dela, e eu conclui que era sim. Ela contou que estava no mar, e perdeu a aliança enquanto nadava, achou que não fosse encontrar nunca mais. Quando ela pegou a aliança da minha mão, virou um bracelete e depois um ear cuff (brincos que pegam toda a orelha).

21/09/2013

Anúncios