tumblr_nuxv4oago31uykz1vo1_500.gif

Já se tornou um hábito meu imaginar situações e criar supostas cenas de interação. É o famoso “e se” que para sempre vai pairar sobre os pensamentos, pelo menos os meus. Pena mesmo não ter um fluxograma indicando a consequência de cada escolha. Partindo da imitação da não realidade que repito nos meus pensamentos, vem uma situação que está quase desagradável. Um diálogo que dura muito mais que segundos, hoje mesmo durou uns quarenta minutos. Um pensamento sendo desenvolvido em supostas e utópicas situações, alimentando um monstro que sozinha terei de matar. Até quando vou criar conversas agradáveis de maneira platônica? Por quanto tempo vou imaginar que você ouve as mesmas músicas que eu? 
Essa imitação do que não é real, e a repetição da fantasia destoam do que eu deveria ser. Mas o tempo condicional me permite viver a eterna dúvida do “E se”. Chega.

09/03/2015

Anúncios