De repente eu já não sabia se estava dormindo ou acordada, meus sentidos se misturavam. A dor era tão imensa que eu nem conseguia abrir os meus olhos, eu só sentia cada fibra muscular do meu corpo se contrair.... Continue lendo →